Casa ocupada


Às vésperas de estrear, a Galeria ENTRE já anda bem agitada. A equipe liderada por Luís Parras e Patrícia Bssa frequenta diariamente o local, entre tintas, pregos, fios e toda a parafernália que resultará nas cinco instalações criadas pelos artistas participantes.

Diretor de arte, cenógrafo, produtor cultural, pintor, desenhista e performer, Luís Parras responde pela cenotecnia da Galeria ENTRE. Ele é membro fundador do GIA – Grupo de Interferência Ambiental onde atuo desde 2002. Depois do curso de Bacharelado em Artes Plásticas da UFBA começou a trabalhar com cinema, mais especificamente no Departamento de Arte, com participação em filmes como Cidade Baixa, de Sergio Machado, Luneta do Tempo, de Alceu Valença e O Homem que Não Dormia, de Edgard Navarro.

Já Patíicia Bssa é Bacharel em Comunicação Social e atua no planejamento e execução de infraestrutura e cenografia para atividades artísticas de linguagens diversas, eventos e ações de intervenção espacial. Bssa, que integrou a equipe técnica do Volume I do projeto ENTRE, tem em seu currículo a participação na produção e coordenação de arte do filme Tropykaos, de Daniel Lisboa, além de eventos como a 9ª Bienal da UNE (RJ), os espetáculos “O Segredo de Lindonéia” e “Gioconda do Subúrbio” (ambos da dançarina Camila Venturelli) e a assistência de projetos multidisciplinares em cenografia para os trabalhos de formação da diretora de arte Vera Hamburger.

Na Galeria ENTRE, que será inaugurada no dia 06 de abril em Salvador, a dupla dialoga diretamente com os seis artistas, dando corpo à estrutura que receberá obras em ambientes distintos (Sala, Quarto, Cozinha, Banheiro e Área de Convivência), através das informações não verbais presentes em uma wearable art criada pelo designer de moda Alexandre Guimarães.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square